segunda-feira, 15 de maio de 2017

Qual a razão de tudo?

Nascer e morrer...
Seria o meio entre isso tudo a nossa razão?
Mas o queria seria o tudo?

A cada esquina nos encontramos. A cada passo nos aproximamos. Vamos em busca. Em buscas... Sabemos de muitas. Escolhemos outras. Sentimos alguns destinos antes mesmos de percorrer... Mas seria isso mesmo?
A razão de tudo?
Mas, porque tanto duvidar, se é só seguir...
Quem?
Duvide! Mas sem esquecer... Viva!

Nenhum comentário:

Postar um comentário