segunda-feira, 22 de maio de 2017

Vá em frente

É cedo ou tarde?
Será no tempo certo...

Pois o tempo só chega quando é tempo. Quando a decisão é tomada. As escolhas decididas.

O tempo ganha seu tempo, tempo a tempo.

Apenas..., Vá em frente!


segunda-feira, 15 de maio de 2017

Qual a razão de tudo?

Nascer e morrer...
Seria o meio entre isso tudo a nossa razão?
Mas o queria seria o tudo?

A cada esquina nos encontramos. A cada passo nos aproximamos. Vamos em busca. Em buscas... Sabemos de muitas. Escolhemos outras. Sentimos alguns destinos antes mesmos de percorrer... Mas seria isso mesmo?
A razão de tudo?
Mas, porque tanto duvidar, se é só seguir...
Quem?
Duvide! Mas sem esquecer... Viva!

Vem uma tempestade por aí...

Já posso sentir a turbulência... Meu espírito está angustiado. Algo está muito próximo. Algo que mudará tudo... Todos!

De alguma maneira, eu verei. O que? Como?
Não sei se essas perguntas são as corretas. Talvez ela deva ser: Quem?

Esperei muito. Talvez... Ainda há muito. Mas já sinto. O ar está diferente...
E depois?
Tudo vai mudar.
E só a resposta a pergunta correta saberá sobre o depois...

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Minhas pegadas

As pegadas na areia eram minhas.
Duas delas.
O suficiente...

Eu caminhei com um destino:
Sem destino.
Mas havia as pegadas...

Não fui em frente,
Sem nunca parar.
Cheguei...

Chegando,
Percebi que eu nunca estive sozinho...
Lembrei das pegadas... Minhas!
Meu ato de esperança!